Tarifa de Energia: os diferentes grupos tarifários

16 agosto de 2016

“Entendendo minha tarifa”: a Solstício Energia traz um conteúdo sobre o que é a tarifa de energia elétrica e quais são os diferentes grupos tarifários.

A energia elétrica é a forma mais versátil de energia, estando presente em nosso dia a dia, seja em uma lâmpada, no ar condicionado, computador ou televisão, levando conforto a nossos lares e desenvolvimento à nossa economia.

Porém, o custo da energia elétrica tende a subir todo ano, para levar em consideração as perdas com inflação e os custos com aquisição da energia de novas usinas. Em 2012, a polêmica MP 579 reduziu os custos de eletricidade no Brasil, ao antecipar a renovação de concessões, que iriam expirar em 2015. Porém, este foi um fato isolado, e que só se repetirá quando estas concessões vencerem novamente, daqui a 30 anos. E com a recente seca e a necessidade de utilizar usinas termelétricas, mais caras, já sentimos essa realidade, com aumentos de 15% a 20% em diversas regiões do país, e a expectativa destes aumentos continuarem até 2019 pelo menos, quando a conta das termelétricas será paga. Ou seja: a eletricidade vai subir todo ano, e isso é fato. Nesse cenário, a instalação de um sistema fotovoltaico entra como medida de proteção contra esses aumentos.

Neste post vamos explicar o que é a tarifa elétrica e quais são os diferentes grupos consumidores.

Os consumidores de energia elétrica pagam um valor correspondente à quantidade de energia elétrica consumida, no mês anterior, estabelecida em quilowatt-hora (kWh) e multiplicada pela tarifa, medida em reais por quilowatt-hora (R$/kWh). E o valor da tarifa varia para cada concessionária, e também de acordo com o subgrupo tarifários, que varia de acordo com a classe de consumo: residencial, comercial, serviços, indústria, etc.; e a tensão de fornecimento:baixa tensão (Grupo B), média e alta tensão (Grupo A).

 

TARIFAS DE ENERGIA: ENTENDENDO OS DIFERENTES GRUPOS

 

Tarifas do Grupo A

As tarifas do Grupo A são para clientes que recebem energia em média e alta tensão, ou seja, até 230 kV. Em geral, estes clientes são indústrias e grandes estabelecimentos comerciais, como shoppings centers e supermercados, que por terem um grande consumo de energia, precisam que o fornecimento de eletricidade ocorra em tensões mais altas. Estes clientes, além de pagarem pela energia (kWh), também pagam pela demanda de potência (kW), que também é chamada de tarifa “fio”. O grupo A é composto por três subgrupos tarifários:

Convencional

Pagam um valor pela demanda contratada (kW) e pela energia consumida (kWh). Se enquadram neste subgrupo clientes com tensão de fornecimento inferior a 69 kV e demanda contratada inferior a 300 kW.

Horo-sazonal

Pagam um valor diferenciado da demanda contratada e da energia de acordo com o horário: ponta (de noite, em geral das 18h às 21h) e fora de ponta (resto o dia) e época do ano (seco, quando há menos chuva, e úmido, no período chuvoso). Isso busca refletir o custo maior da energia no período seco do ano, quando há menos chuvas e as termelétricas são acionadas, e durante a noite, quando há um maior consumo de energia, e as termelétricas também precisam ser acionadas. Este tipo de tarifa se aplica obrigatoriamente às unidades consumidoras com demanda contratada igual ou superior a 300kW (é opcional para clientes abaixo de 300kW), podendo ser tanto na modalidade Azul ou Verde:

Horo-sazonal Azul – pagam um valor diferenciado para a demanda contratada na ponta e fora da ponta, e quatro valores diferentes para a energia consumida: na ponta em período seco, na ponta em período úmido, fora da ponta em período seco e fora da ponta em período úmido. É obrigatório para clientes com tensão de fornecimento igual ou superior a 69kV.

Horo-sazonal Verde – pagam um valor único para a demanda contratada e quatro valores diferentes para a energia consumida: na ponta em período seco, na ponta em período úmido, fora da ponta em período seco e fora da ponta em período úmido.

 

Tarifas do Grupo B

O Grupo B reúnem os consumidores que são atendidos em baixa tensão, abaixo de 2300V. Isso inclui residências, comércio, pequenas indústrias dentre outros. São divididos entre as seguintes classes de consumo:

• B1 Classe residencial e subclasse residencial baixa renda;
• B2 Classe rural
• B3 Outras classes: industrial, comercial, serviços e outras atividades, poder público, serviço público e consumo próprio;
• B4 Classe iluminação pública

Os clientes do grupo B pagam uma tarifa única, referente ao seu consumo de energia, não importando o horário ou a época do ano que a eletricidade é utilizada.

No próximo post da série “Entendendo minha tarifa”, vamos falar sobre os reajustes tarifários. Acompanhe nosso blog!