Como é composto o preço de um
sistema solar fotovoltaico na Solstício Energia

Sempre que ouvimos falar em energia solar fotovoltaica, a primeira coisa que vem à cabeça é: quanto custa a energia solar e qual será o investimento total que terei que fazer? E você está certo em fazer esta pergunta que, por acaso, não possui uma resposta simples.

Para facilitar a nossa análise, iremos dividir o artigo em duas partes:

  1. De que é composto o preço final de um sistema solar fotovoltaico?
  2. Como a equipe comercial da Solstício Energia trabalha para elaborar a solução para o cliente e o seu preço final

 

1. De que é composto o preço final de um sistema solar fotovoltaico?

Quando queremos saber quanto custa a energia solar, precisamos mapear todos os componentes e a representatividade de cada custo no preço final do sistema fotovoltaico. Em geral, podemos dividir o valor de um sistema de energia solar, seja ele de grande ou pequeno porte, da seguinte forma:

Sistema de 5,2 kWp de potência, instalado pela Solstício Energia, com 20 painéis na cidade de Campinas.
  • Painéis solares;
  • Inversores;
  • Estrutura de fixação;
  • Infraestrutura elétrica;
  • Quadros elétricos de proteção e distribuição;
  • Serviços de projeto e engenharia;
  • Mão de Obra de instalação;
  • Despesas Logísticas
  • Despesas Administrativas
  • Margem de Lucro;
  • Impostos e encargos.

Em geral, os módulos, inversor (es) e a estrutura de fixação tendem a representar o maior peso no total, podendo chegar a 70%. Os demais 30% são distribuídos em outros insumos, os serviços, como a logística, a instalação e a engenharia, com o projeto do sistema e sua homologação na concessionária de energia local e os impostos e encargos.

Então basta somar o custo dos painéis e do inversor e colocar mais uma estimativa de mão de obra!? Até pode ser assim, de uma forma BEM grosseira, se você não esquecer de adicionar outros insumos, impostos, e lógico, o lucro (a não ser que seja uma doação ou projeto feito por ONG, aí pode tirar o lucro).

Mas o perigo está nos detalhes. No que consiste a “mão de obra” contratada? O que será utilizado como insumo da instalação e qual a qualidade desses itens, sejam os menores ou os mais complexos?

2. Como a equipe comercial da Solstício Energia trabalha para elaborar a solução para o cliente e o seu preço final?

A equipe comercial da Solstício Energia é composta por engenheiros especialistas em energia solar fotovoltaica. Eles fazem uma avaliação completa para projetar um sistema que esteja adequado às reais necessidades do cliente e utilizando os melhores equipamentos disponíveis.

Além disso, há uma ação sinérgica com a equipe de compras, que trabalha continuamente para encontrar os melhores equipamentos, fornecedores e preços. Eles trabalham para manter a equipe comercial sempre informada para que os valores sempre estejam atualizados e interessantes para os nossos clientes.

Análise da Conta de Energia

O nosso processo tem início na análise da conta de energia. Esta análise é importante pois a partir dela é possível definir alguns dos principais parâmetros do projeto.

Analisando as informações do histórico de consumo de energia junto com as informações de enquadramento tarifário e de infraestrutura elétrica podemos definir a energia necessária para que o cliente passe a pagar apenas o custo mínimo na conta de energia. Este valor será a nossa meta, mas ainda precisamos analisar outras variáveis.

Análise do local de instalação

Ainda na conta de energia, conferimos o endereço e verificamos o local de instalação em imagens via satélite. A estrutura do telhado ou do local de instalação influencia diretamente no preço final do sistema, pois cada tipo de telhado têm uma solução específica para a fixação dos painéis. Estruturas para instalação em solo e estruturas para lajes possuem um valor mais alto em relação a estruturas para telhados metálicos e para telhados cerâmicos por exemplo.

Nesta etapa é necessário verificar ainda se existe qualquer tipo de estrutura que possa fazer sombra nos painéis e quais áreas poderão ser utilizadas.

O dimensionamento do sistema

Com estes resultados em mãos podemos definir quais são as tecnologias mais interessantes de painéis solares e de inversores solares para cada situação. Podemos utilizar inversores string, micro inversores, inversores com otimizadores ou inversores híbridos por exemplo. O valor de cada tipo de solução é diferente e influencia diretamente o resultado de seu sistema de energia solar.

Após visitas técnicas ainda é possível verificar os locais de conexão e de instalação do inversor. Isso influencia diretamente no custo de toda a infraestrutura elétrica de seu sistema.

Acredito que com isso tudo já dá para perceber que são muitas as variáveis que influenciam o valor de um sistema fotovoltaico.

“Cada cliente é único e possui necessidades específicas. Por este motivo as propostas técnicas são diferentes e os valores praticados também o são.”

A formação do Preço

Dito isso e voltando ao nosso tópico principal, é difícil dizer de bate pronto qual é o preço da energia solar. A nossa resposta padrão seria parecida com: “Não sei. Posso conhecer melhor as suas necessidades para responder essa pergunta?”.

E a partir dessa conversa conseguimos estimar melhor um valor para as suas necessidades.

Mas de forma geral, podemos dizer que para uma residência, o valor ficaria entre R$ 15.000,00 e R$ 30.000,00, dependendo do consumo de energia da família.

Para sistemas em empresas, o valor varia conforme as necessidades, desejos e objetivos da utilização de energia fotovoltaica. Os valores partem de R$ 15 mil e chegam a milhões de reais no caso de uma usina de Megawatts.

Se você quiser uma análise breve do preço da energia solar em Campinas para uma residência, você pode clicar aqui e conferir um exemplo muito esclarecedor. A análise de preços se encontra mais ou menos na metade do atrigo!

Quais são os cuidados que devemos ter ao escolher uma empresa de energia solar?

Todo o sistema pode parar por conta da falha de um “simples” elemento - como disjuntores, conectores, transformadores. Eventualmente pode até ocorrer um problema mais grave como uma strinbox pegar fogo por conta de componentes de baixa qualidade ou com alguns painéis voando durante uma ventania caso a estrutura de fixação não seja corretamente projetada.

Além da qualidade dos componentes, sempre é bom levar em consideração a forma com que a equipe de instalação trabalha e como ela atende às normas de segurança - um assunto extenso, que permeia questões técnicas e legais.

Lembre-se que um sistema de algumas dezenas de milhares de reais pode ficar inoperante por conta de pequenas economias que objetivavam um preço mais agressivo. Não existe 'mágica' neste aspecto.

Sempre é bom fazer mais de um orçamento, como boa prática, para tudo. Mas sempre tome cuidado com preços muito baixos, pois no médio prazo, uma empresa (ou um prestador de serviço) que esteja errando na formação de preço, poderá não se sustentar como negócio por toda a vida útil de seu sistema fotovoltaico, não ficando disponível para eventuais necessidades futuras. Ou então, poderia estar considerando itens da instalação de menor qualidade, e não adequados para garantir a performance e a estabilidade na geração de seu sistema fotovoltaico.

Para conferir mais dicas de como escolher a empresa de energia solar, confira a matéria: "4 dicas práticas para escolher uma empresa de energia solar". Se quiser um material ainda mais aprofundado sobre o tema, você pode baixar o nosso Ebook ao final desta página!

Como comparar as propostas?

Sabemos que, para as pessoas interessadas em investir em um sistema fotovoltaico, esta análise não é simples. Então fica a pergunta: como um comprador leigo pode saber se os equipamentos são de boa qualidade? Como comparar as propostas?

Você pode se tranquilizar pois preparamos um Ebook para te auxiliar a verificar a qualidade de equipamentos, comparar propostas etc. Você pode fazer o download na imagem abaixo!

Um abraço,

Equipe Solstício Energia