Aluguel de Usinas: Minha empresa pode alugar uma usina solar fotovoltaica?

Portal Solstício Energia

Aluguel de Usinas: Minha empresa pode alugar uma usina solar fotovoltaica?


Aluguel de Usinas: Economia sem investimento inicial?

A resolução normativa 482/2012, aquela que regulamenta o mercado de energia solar, possibilita diversos modelos de negócios principalmente para empresas. Muitos destes modelos ainda são um pouco desconhecidos pelo mercado, então hoje vamos apresentar o modelo de aluguel de usinas para empresas.

Como funciona

De acordo com a regulação, é possível que diversas unidades e filiais de uma mesma empresa se beneficiem da mesma usina solar. É este o modelo que possibilita que as grandes redes montem usinas solares gigantescas e dividam os créditos de energia entre as unidades. A rede McDonald’s, por exemplo, instalou uma potência total de 5,3 MWp em diferentes estados para abastecer seus restaurantes. Confira a matéria aqui.

Na modalidade de aluguel de usinas (também conhecida como autoconsumo remoto), a energia produzida pela usina solar é injetada na rede elétrica, gerando créditos de energia.

 

 

 

 

Estes créditos de energia serão utilizados para abater o consumo de outras contas de luz de um empreendimento, reduzindo assim o valor a ser pago à distribuidora até o consumo mínimo.

 

 

Os créditos de energia estarão ligados à unidade consumidora e, se não forem consumidos em um mês, poderão ser utilizados em até 60 meses.

Importante: Todas as unidades consumidoras e a usina solar devem ser atendidas por uma mesma distribuidora de energia e devem estar inscritas sob um mesmo CNPJ raiz.

 

Economizando energia sem tirar dinheiro do bolso 

Economia sem dor de cabeça é tudo o que os gestores de empresa precisam e é exatamente isso o que este modelo traz.

Dentre outras coisas, com o aluguel de usinas da Solstício Energia você economiza com as contas de energia sem ficar descapitalizado. Além disso, você não precisa ficar preocupado em ter espaço em telhado ou uma área para a instalação da usina solar.

Algumas de suas lojas estão em um edifício alugado? Não tem problema!  O benefício não é atrelado ao endereço, mas sim ao CNPJ da empresa

O Custo da energia elétrica para empresas

A energia elétrica é um custo fixo que infelizmente passa por reajustes anuais, frequentemente acima da inflação. Nos últimos anos o aumento acima da inflação comprometeu o lucro e a competitividade de diversas empresas.

Além disso, temos outro “vilão”: as bandeiras tarifárias. Elas podem aumentar o custo da eletricidade da empresa em até 10%! Historicamente, temos uma maior proporção de bandeiras vermelha e amarela do que bandeira verde, significando um custo a mais na conta de luz quase todo mês. No ano de 2018 por exemplo, mais da metade do ano (mais precisamente 65,31%) houve acréscimo na conta de luz por conta das bandeiras tarifárias.

E minha empresa pode alugar uma usina solar?

Sim, a regulação permite isso através do autoconsumo remoto, onde o seu contrato de locação será acordado com a empresa dona da usina.

O aluguel de usinas é ideal para empresas cuja soma do consumo das unidades deve ser de pelo menos 20.000 kWh/mês (ou pelo menos R$15 mil por mês).

Gostou do modelo de aluguel de usinas e quer saber mais? Entre em contato conosco, ficaremos felizes em ajudá-lo!

WhatsApp: (19) 9 9909-8435

 

 

Capa da matéria: Energia Solar no Agronegócio, mostrando o sistema solar fotovoltaico finalizado.

Case: Energia Solar no Agronegócio

O Guia do Financiamento Solar

A Revisão das Bandeiras Tarifárias

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

Comentários