10 Curiosidades da Energia Solar - Solstício Energia | Projetos e Soluções em Energia Solar Fotovoltaica

Portal Solstício Energia

10 Curiosidades da Energia Solar


A energia solar é algo recente? Carro solar é coisa do futuro? 
Conheça alguns fatos sobre a energia solar fotovoltaica e fique por dentro dessa tecnologia que está mudando o mundo!

1. A primeira célula solar

Em 1833, Charles Fritts criou a primeira célula solar, feita de selênio em uma base de ouro. A célula tinha apenas 1% de eficiência. Isso se deu em parte pelo selênio em si, que não conduz eletricidade muito bem e não era forte o suficiente para produzir qualquer energia útil. No entanto, o experimento abriu caminho para grandes avanços nas décadas seguintes.

 

2. A primeira célular solar – comercialmente viável!

A primeira célula solar comercialmente viável foi inventada entre os anos 40 e 50 por um físico nos Bell Telephone Laboratories, nos Estados Unidos, começando o processo que levaria ao painel solar atual. Essa célula usou o silício, que até então não tinha sido usado com esse propósito. Os profissionais de Bell Labs conseguiram produzir mais energia que qualquer célula feita até então, e tinha eficiência de 4%.

 

 3. Einstein e a Energia Solar

Em 1921, Albert Einstein ganhou um prêmio Nobel por um artigo no qual escreveu sobre o efeito fotoelétrico em 1905, guiando o caminho para a invenção do painel solar. Na época, muitas pessoas da comunidade científica foram céticas sobre a validade e viabilidade dessa nova teoria.

 

4. Movido pelo Sol Foto de uma carro antigo com um homem em pé na porta do passageiro, que está aberta. Ele aponta para o teto do carro, no qual está um painel solar que cobre o carro em toda sua extensão.

O primeiro carro solar foi construído em 1958 pela International Rectifier Corporation, que produzia equipamentos elétricos.  O painel continha mais de 10 000 células solares individuais. O modelo apresentado ao público em 1962 percorria apenas pequenas distâncias.

 

5. Antes x Depois

A tecnologia solar já percorreu um longo caminho. Em 1963, o Japão instalou o maior projeto criado até então: um sistema de 242 watts em um farol. Hoje, depois de 54 anos, pode-se instalar um sistema residencial composto em média por 20 paineis solares de 250 watts, totalizando 5 000 watts em apenas uma casa.

 

6. Energia limpa e renovável

A energia solar fotovoltaica é renovável, ou seja, sua fonte é reabastecida naturalmente e é um recurso ilimitado dentro da margem de tempo de uso. Além disso, ela produz 80% menos emissões de carbono ao longo de sua cadeia de produção que os combustíveis fósseis.

 

7. Qual painel?

Os principais paineis utilizados atualmente são de dois tipos: silício monocristalino ou policristalino. Os paineis monocristalinos, que apresentam o silício em alto grau de pureza, são mais eficientes, mas também são mais caros. Saiba mais sobre os paineis aqui na nossa lista: 5 coisas para saber sobre paineis solares.

Painel policristalino e monocristalino

8. Pioneira solar

Satélite de forma circular com uma base cilíndrica de cor metálica puxada para o prata. Seis antenas saem do círculo como se fossem espinhos, e são antenas de comunicação. Na face visível do círculo, é possível identificar um painel fotovoltaico retangular, que lembra uma janelinha no satélite. Link no post "Energia Solar e o Espaço".

A primeira indústria a adotar a energia solar em grande escala em seus projetos foi a espacial. Para grande parte das indústrias da época, o custo da energia solar fotovoltaica era muito alto e inviável. Para vôos espaciais, contudo, era necessária uma fonte de energia confiável que não se desgastasse ao longo do tempo como as baterias.  Sua primeira aplicação foi em 1958 com o satélite americano Vanguard. O projeto levou ao espaço módulos de pequena área para fornecer energia ao sistema de comunicação.

 

9. As gigantes solares de hoje

As maiores usinas fotovoltaicas no mundo hoje ficam na Índia e na China. A usina de Kamuthi, na Índia, foi encomendada pela Adani Power, um conglomerado no setor de energia da Índia. Sua capacidade é de 648 MW e conta com 2,5 milhões de módulos solares, 27.000 metros de estruturas de suporte, 576 inversores e 154 transformadores e quase 7500 km de cabos.

Já o Parque Solar Longyangxia Dam, na província oeste de Qinghai na China, conta 4 milhões de painéis fotovoltaicos! Eles estão espalhados por uma área remota de 27 Km² e agora tem a capacidade de gerar incríveis 850 MW de potência, o suficiente para abastecer cerca de 200 mil casas.

Kamuthi Solar Power Projet e Parque Solar Longyangxia Dam

 

10. Pequenas ações que mudam o mundo

Um sistema residencial pode reduzir poluição na escala de 100 toneladas de CO2 em sua vida útil, incluindo a energia que levou para produzir os paineis. Isso não só oferece uma melhor qualidade do ar para todos os seres vivos como não contribui com o agravamento do aquecimento global (a grande problemática dos combustíveis fósseis como carvão e petróleo).

 

Como vimos, a energia fotovoltaica já existe a um bom tempo. Depois de muitos avanços tecnológicos, investimentos contínuos e uma queda considerável nos preços, é a fonte renovável que mais cresce no mundo. É a aposta para um futuro mais limpo e sustentável e tudo mostra que estamos seguindo esse caminho.

Entre em contato para mais informações e vem aproveitar o sol com a gente!

 

Leia também:

Foto com grande foco de uma célula fotovoltaica, de cor azul bem intenso.

Como funcionam as células fotovoltaicas?

Qual é a sua solução em energia solar fotovoltaica?

O custo da energia solar no espaço

foto circular de um sistema fotovoltaico instalado no chão, provavelmente uma usina, pela quantidade de paineis. Circundando essa foto, três flechas laranjas semelhantes do símbolo de reciclagem. O fundo da ilustração é cinza claro. Na extremidade direita da ilustração, o texto Qual é o impacto da energia solar no meio ambiente? em roxo escuro está sobreposto a um fundo laranja.

Qual é o impacto da energia solar fotovoltaica no meio ambiente?

Comentários

Comentários