Celula Fotovoltaica (1954)

Um pouco de história: A Célula Fotovoltaica faz 60 Anos

25 abril de 2014

Tecnologia que permite a conversão da luz solar em energia térmica, a célula fotovoltaica é a base para a revolução das matrizes energéticas do século XXI.

No dia 25 de abril de 1954, os executivos da Bell Labs (a mesma empresa originada por Alexander Graham Bell, o inventor do telefone) impressionaram a imprensa anunciando a primeira célula solar comercial. Batizada como “Bell Solar Battery”, o equipamento era capaz de energizar um radio transmissor de voz e música.

Celula Fotovoltaica (1954)

Celula Fotovoltaica (1954) – Fonte: Bell Labs

No dia 26 de abril de 1954, em sua primeira página, o jornal “The New York Times” descreveu o anúncio da primeira célula solar capaz de gerar eletricidade para uso cotidiano como um grande marco histórico. O jornal dizia: “O início de uma nova era, possivelmente a realização de um dos sonhos mais desejados da humanidade – o aproveitamento da energia quase ilimitada do sol para uso da civilização”.

Daryl Chapin, Calvin Fuller e Gerald Pearson, cientistas responsáveis pela pesquisa, nunca imaginaram inventar uma célula solar que causasse esta revolução. A partir deste anúncio, esta nova forma de se gerar e utilizar energia elétrica desenvolveu a quase inexistente indústria fotovoltaica.

Os três cientistas estavam simplesmente tentando solucionar problemas com sistemas telefônicos da Bell Labs. As fontes tradicionais funcionavam muito bem em climas amenos, porém nos trópicos elas se degradavam rapidamente e paravam de funcionar. Assim, a Bell Labs convocou o trio de cientistas para explorar fontes alternativas para fornecimento de energia autônoma. Naquele tempo, Daryl Chapin já era um entusiasta da energia solar e recebeu aprovação para incluir células solares no desenvolvimento da solução do problema.

Este vídeo da época (em inglês e sem legendas) explica o processo de fabricação das células fotovoltaicas, suas possíveis aplicações e a visão de futuro para utilização da energia do Sol como alternativa ao carvão, petróleo e energia nuclear.

Muito interessante vivenciar esta descoberta antiga, porém atual.

Além da mesma visão dos anos 60 que vem se concretizando dia-a-dia com avanço tecnológico, políticas energéticas e preocupações sócio-ambientais. Em 1954, o mundo possuía menos de 1 Watt instalado de células solares energizando equipamentos elétricos. Hoje já são bilhões de Watts de energia elétrica movendo satélites, bombeando água, iluminando locais diversos, transmitindo dados de locais remotos e fornecendo energia limpa para qualquer pessoa através de sistemas fotovoltaicos conectados à rede.

Quer saber mais como utilizar a energia do sol a seu favor? Clique aqui e entre em contato!