Por que minha conta de luz não pode ser zerada?

01 novembro de 2016

Entenda porque um consumidor conectado à rede não pode zerar sua conta de luz com a autogeração de energia.

Uma das grandes vantagens de instalar um sistema fotovoltaico em sua residência é a redução no valor da sua conta de luz. O dimensionamento do sistema depende de cada caso. Contudo, existe a possibilidade de gerar toda a energia que o imóvel irá consumir. Nesse caso, tem-se o abatimento de 100%  nas despesas. Ainda assim, o consumidor vai receber uma fatura todo o mês com um valor cobrado.

Isso acontece porque mesmo com a geração de energia dos painéis fotovoltaicos e com os créditos de energia, o consumidor residencial, comercial e de propriedades rurais ainda deve pagar o custo de disponibilidade de rede, uma vez que eles estão inseridos nesse sistema.

O custo de disponibilidade ou o “custo mínimo” cobra custos de utilização e manutenção da rede, os quais variam em função do tipo de instalação. A ideia é que mesmo que o cliente não consuma energia, a distribuidora tem que manter o sistema elétrico de prontidão. O custo de disponibilidade é aplicado para todos os consumidores do grupo tarifário B (baixa tensão) e varia de acordo com o tipo de conexão, onde:

  • Se a conexão for monofásica, o consumidor paga uma taxa mínima equivalente a 30 kWh (quilowatts-hora);
  • Se a conexão for bifásica, a taxa mínima é equivalente a 50 kWh;
  • Se a conexão for trifásica, o custo de disponibilidade é equivalente a 100 kWh.

Para saber o tipo de conexão de sua empresa ou residência é só conferir a sua fatura de energia.

No caso dos sistemas de energia solar conectados à rede, quando um sistema estiver gerando energia, esta será consumida no local. No caso do sistema gerar mais do que for consumido, o excedente é injetado na rede gerando créditos de energia previstos pelo sistema de compensação de energia elétrica da Resolução Normativa 482/2012 da ANEEL.

Durante a noite, quando os painéis não recebem radiação solar, a energia da rede será utilizada. Dessa forma, ao final do mês, o cliente irá pagar o balanço entre a energia injetada na rede e a energia consumida. Os créditos de energia tem validade de 60 meses para serem abatidos na conta de luz.

E se eu não quiser me conectar à rede?

Existem casos em que o uso do banco de baterias tira a dependência do consumidor com a rede elétrica. Contudo, essa opção tem um custo muito maior e é  recomendada para casos em que o imóvel esteja em regiões isoladas ou sem acesso à rede. Você pode saber mais sobre o sistema autônomo aqui.

 

Quer saber mais sobre o sistema fotovoltaico? Confira nossas publicações ou entre em contato com nossa equipe!